O que será de mim depois do fim das horas


No sábado (31/08) às 17h o Centro de Arte Contemporânea W inaugura quatro novas exposições: “O que será de mim depois do fim das horas” de Daré; “Piruá” de Tangerina Bruno; “Melaço” de Natalia Marques; e “fragmentosfragmentos” de Weimar, com curadoria de Yolanda Cipriano e Josué Mattos. As exposições integram a programação do 44º SARP … Continuar lendo O que será de mim depois do fim das horas


No sábado (31/08) às 17h o Centro de Arte Contemporânea W inaugura quatro novas exposições: “O que será de mim depois do fim das horas” de Daré; “Piruá” de Tangerina Bruno; “Melaço” de Natalia Marques; e “fragmentosfragmentos” de Weimar, com curadoria de Yolanda Cipriano e Josué Mattos.

As exposições integram a programação do 44º SARP – Salão de Arte de Ribeirão Preto Nacional-Contemporâneo, em parceria com o MARP.

Imagem: “Dona Zeneide” (óleo sobre tela, 2008), obra de Daré. Foto: Divulgação / CAC W